O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente Barack Obama nesta quarta-feira (19) na Casa Branca (Foto: AP)

O presidente dos EUA, Barack Obama, comprometeu-se a agir para diminuir a violência armada no país, e apontou o vice-presidente Joe Biden como responsável para monitorar as ações do governo para isso.

As declarações foram feitas cinco dias depois do massacre em uma escola de Newtown, Connecticut, que acabou com 28 pessoas mortas a tiros, 20 delas crianças.

Obama pediu que um projeto de lei a respeito do tema seja apresentado em janeiro, no início da próxima legislatura.

Em um discurso na Casa Branca, Obama disse que apoia o direito dos cidadãos de possuir armas, mas apenas dentro dos limites responsáveis, e que o país tem a “profunda obrigação de conter a violência armada”.

Leia também:  Médicos Chilenos são filmados comemorando partida de futebol durante cirurgia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.