Guerreo cabeceia bola para abrir o placar para o Corinthians contra o Al Ahly

A presença de Paolo Guerrero na estreia do Corinthians no Mundial de Clubes da Fifa era uma das dúvidas que afligia o técnico Tite horas antes do confronto contra o Al Ahly. Escalado na última hora, o atacante peruano foi o herói que colocou o Timão na decisão do torneio interclubes.

Recuperado de lesão no joelho, Guerrero foi confirmado pelo técnico Tite no ataque do Corinthians e não decepcionou. Aos 29 minutos, o atacante se antecipou à zaga do Al Ahly e, de cabeça, mandou para as redes, abrindo o placar da partida e colocando o Timão na decisão do Mundial de Clubes.

O gol fez do contestado atacante herói da torcida, que se fez presente em massa no Estádio de Toyota, no Japão.

Leia também:  Luverdense perde do Inter com gol polêmico no final

Guerrero chegou ao Corinthians em julho, para assumir a camisa 9 e ocupar um lugar no ataque, sem um jogador de referência desde a saída de Ronaldo. Número que foi dado a Adriano, que pouco fez com o manto alvinegro.

O peruano não agradou a todos logo em sua chegada. Considerado caro, custou quase R$ 9 milhões, fez pouco gols no Brasileirão e teve sua titularidade contestada.

Guerrero começou sua carreira no Alianza Lima, do Peru. Foi negociado com o Bayern de Munique, onde atuou pelo time B, antes de subir para o time profissional e conquistar dois títulos do Campeonato Alemão (2005 e 2006). Em 2007, deixou o time de Munique e se transferiu para o Hamburgo, e lá ficou até julho, quando foi contratado pelo Corinthians.

Leia também:  União empata com o Luziânia

O atacante também se destacou na seleção peruana e foi artilheiro da Copa América 2011, com cinco gols.

Com suas tatuagens, brincos e penteados diferenciados, o atacante Guerrero tem conquistado a torcida a cada gol. Conheça mais do estilo diferenciado do peruano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.