A possibilidade do PMDB fazer parte da base de sustentação do governo de Percival Muniz (PPS) está criando um ‘mal estar’ dentro do partido. Como a coluna BASTIDORES já informou na semana passada de que Percival havia procurado o presidente regional do PMDB, Carlos Bezerra, para buscar o apoio da maior bancada eleita da Câmara.

Segundo fonte da coluna essa possível ‘união’ não seria bem vista entre os vereadores Adonias Fernandes (PMDB) e Lourisvaldo Manoel de Oliveira (Fulô – PMDB) e já para alguns dos eleitos ‘os novatos’ a ideia deve ser levada em consideração. Devido a essa divergência de opiniões o partido ainda não definiu a sua posição.

Apesar dos conflitos internos, o PMDB garante que vai se manter unido e que na semana que vem deve lançar o nome para presidente da mesa diretora da Câmara. De acordo com a fonte há grandes possibilidades de um dos novos eleitos serem indicado ao cargo.

Leia também:  Líder do Solidariedade deve entregar o cargo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.