A Tropical Melhoramento & Genética, TMG, apresentou duas cultivares inéditas de soja com ampla resistência aos nematoides de cisto, a TMG 4182 e TMG 4185. O encontro aconteceu na Fazenda Klein em Campo Novo do Parecis/MT com participação de quase 80 produtores de grãos e sementes, que tiveram a oportunidade única de verem o desempenho dos novos lançamentos no campo.

Conforme destaca o Coordenador de Desenvolvimento Mercado para a região do Cerrado da TMG, Antônio Ferreira, os participantes representam aproximadamente 20% dos produtores de Campo Novo dos Parecis e 40% da micro região do município. “São eles que mais sofrem com a perda de produção devido à alta população e variação de raças de nematoide de cisto”, explica.

Leia também:  Programa Jovens Embaixadores está com inscrições abertas

Os nematoides veem causando problemas há várias safras nas lavouras do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul (ao norte), Goiás e Bahia. A alta incidência pode causar perdas de até 10 sacos por hectare. Sabendo disso, a TMG, se antecipa e apresenta as novas cultivares como uma alternativa para o controle dos nematoides. Diante da novidade, os presentes ficaram entusiasmados e criaram expectativas para o plantio na próxima safra.

Para os participantes, as variedades suprem a necessidade da região em aumentar a produção em áreas que nas últimas safras apresentaram perdas. “Segundo eles já não havia saída para o problema dos nematoides de cisto e que apesar do mercado proporcionar várias tecnologias para a soja, faltava variedades com resistência para várias raças”, completa Ferreira.

Leia também:  Estado e municípios identificam 57 ocorrências de incêndios florestais

Para o produtor Carlos Klein, uma importante característica na TMG 4182 e TMG 4185 é a produtividade. “Em área de testes, as novas variedades apresentaram uma produtividade de 64 sacos por hectare. Enquanto outras cultivares, 55 sc/ha”, comemora.

Esteve presente no encontro a equipe de Melhoramento Genético da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, técnicos da área de Desenvolvimento Mercado da TMG, representantes de sementeiros da região, produtores, gerentes, Engenheiros Agrônomos e técnicos das propriedades.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.