Projeto de Lei prevê a contratação de profissionais de enfermagem para escolas da rede pública do Estado. O autor, deputado Airton Português (PSD), entende que a finalidade da proposta é reduzir atendimentos emergenciais e ambulatoriais em hospitais, policlínicas ou postos de saúde nos municípios. Há em Mato Grosso 737 escolas públicas.

Conforme o projeto de lei, a presença do profissional de enfermagem na escola tem o objetivo de prevenir acidentes, acompanhar integralmente a saúde dos estudantes e funcionários da própria escola. “Esses procedimentos trarão hábitos positivos que contribuirão para uma melhor qualidade de vida à comunidade escolar”, avalia Português.

O artigo 2º do projeto aponta que cada unidade escolar deverá contar com profissionais da área em tempo integral e devidamente uniformizados. Além disso, terá um espaço adequado para a atuação do enfermeiro, que ficará dentro da unidade de ensino e funcionará como sala de primeiros socorros.

Leia também:  Sine oferta 674 vagas de emprego em Mato Grosso

O projeto também prevê a utilização de equipamentos essenciais para o desempenho do profissional de saúde. Devem ser adquiridos uma maca de transporte, mesa, cadeiras, estetoscópio, aparelhos de medição de pressão arterial, entre outros.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.