Após a confirmação de aliança do PMDB com Percival Muniz (PPS) o grupo do prefeito eleito passa a contar com o apoio de 17 vereadores. A partir de 2013, a Câmara Municipal terá 21 vereadores, por enquanto, apenas quatro se mantém em oposição a Percival.

A maior bancada que é do PMDB que poderia sustentar a oposição acabou ‘abandonando o barco’. Agora com o apoio de 17 vereadores ficará mais fácil para Percival, conseguir a aprovação de projetos e serão bem poucas as cobranças e fiscalizações ao executivo.

Apenas terão liberdade para cumprirem o seu papel de fiscalizar os vereadores eleitos Roni Magnani (PP), Hélio Pichione (PR), Cido Silva (PP) e Olímpio Alves (PR) que não aderiram às propostas do novo prefeito.

Leia também:  Longe da política; Verinha termina mestrado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.