A Polícia Rodoviária Federal apontou, esta tarde, em novo balanço, que 1.013 testes de bafômetros já foram feitos em Mato Grosso sendo aplicada a nova Lei Seca entrou em vigor, semana passada, tornando mais rígidas as punições aos motoristas flagrados dirigindo alcoolizados. 25 condutores embriagados foram multados e 14 motoristas foram presos. De janeiro até último dia 20, mais de 600 condutores bêbados foram multados e 391 presos. Além disso, 144 acidentes ocorreram por ingestão de álcool.

Pela nova lei, a multa para que for flagrado embriagado ao volante passou de R$957,69 para R$ 1.915,38, podendo chegar a R$3.830,76, caso o condutor seja flagrado dirigindo embriagado mais de um vez num período de 12 meses. A comprovação da embriaguez pode ser realizada também com imagens, fotografias, testemunhas e vídeos, além do teste do etilômetro e do exame de sangue.

Leia também:  Jaciara receberá a última etapa do 'Circuito Ultramacho' de 2017

Segundo a PRF, foi intensificada a fiscalização de alcoolemia neste final de ano, nas rodovias federais que cortam o Estado ( BRs 070,158, 163, 174 e 364) O objetivo é diminuir o número de acidentes e mortes causados pela embriaguez. Em relação às blitzez não houve mudanças no modo de operação. A mesma estratégia que já levou mais de nove mil motoristas assoprar os bafômetros desde início do ano continua.

O teste de alcoolemia poderá ser solicitado a qualquer condutor, independente de horário ou local.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.