Doze veículos Cross Fox, zero km, do projeto “De bem com a Vida”, da Polícia Judiciária Civil, foram oficialmente entregues, ontem à tarde. As regionais contempladas com o kit foram Cáceres, Pontes e Lacerda, Diamantino, Sinop, Juína, Alta Floresta, Tangará da Serra, Rondonópolis, Água Boa, Porto Alegre do Norte, Barra do Garças e Alto Araguaia.

Esta é mais uma etapa do projeto, voltado às ações preventivas de controle ao consumo e venda irregular de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. Os veículos foram comprados com recursos do governo federal, por meio de convênio celebrado entre a Secretaria Estado de Segurança Pública com a Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, dentro do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), que articula políticas de segurança com ações sociais.

Com investimento da ordem de R$ 852,6 mil, a Polícia Judiciária Civil adquiriu 14 veículos, sendo dois destinados aos 12 polos regionais do interior e outros dois a região metropolitana, localidades contempladas com atividades do projeto, que a partir do ano de 2013, passam a ser executadas mais intensamente.

Leia também:  Estelionato | Homem é preso suspeito de aplicar golpes em hotéis de MT

Durante cerimônia de formatura dos novos 68 delegados, o secretário de Segurança, Diógenes Curado Filho, e o delegado geral da PJC, Anderson Garcia, acompanhados de outras autoridades, fizeram a entrega simbólica de duas chaves aos delegados regionais de Barra do Garças, Pedro Marcos Manzan e Cáceres, Douglas Turíbio Schutze. “A Polícia Civil é uma instituição que tem sua missão investigativa, mas que se preocupada com a responsabilidade social”, disse o Garcia.

Na Acadepol, o delegado geral, Anderson Garcia, acompanhado da coordenadora da Polícia Comunitária, delegada Sílvia Virgínia Biagi Ferrari, finalizou a entrega dos veículos acompanhados de kit”s multimídia e equipamentos aos delegados regionais.

As delegacias foram agraciadas com um kit de equipamentos contento: tela e projetor multimídia, caixa de som amplificada, microfones, pedestral, máquina fotográfica, filmadora digital, TV 50″”, coletes balísticos e etiliómetro.

Leia também:  Caminhoneiros são rendidos e assaltados em posto de combustível

O projeto “De bem com a Vida” foi idealizado pelo delegado de polícia Jales Batista da Silva, para reduzir os índices de criminalidade fomentados pelo consumo de álcool e drogas através de atitudes preventivas. O foco principal do programa é sensibilizar e conscientizar a população sobre o consumo responsável de bebidas alcoólicas.

Com o recurso de R$ 2.047.513,00, o projeto desenvolverá ações com objetivo de reduzir os índices de criminalidade, fomentados pelo consumo e venda irregular de bebidas alcoólicas, sensibilizando as comunidades locais por meio de audiências públicas com foco em convencer os comerciantes a fecharem seus estabelecimentos comerciais às 23 horas. O público alvo do projeto são crianças e adolescentes vulneráveis ao consumo de drogas e a situações de risco que envolve

O projeto gerenciado pela Coordenadoria de Polícia Comunitária da PJC, também contempla palestras nas escolas com foco na conscientização dos jovens acerca dos malefícios do uso indevido de álcool, capacitação de agentes, fiscalização em bares, entre outras atividades.

Leia também:  PC identifica assaltantes de fazenda e prende um em Várzea Grande

Além da Polícia Civil, outras instituições e parceiros serão mobilizados para exercerem a função de fiscalização em conjunto, da venda indiscriminada de bebidas alcoólicas a menores de idade.

O delegado Josué de Jesus, da regional de Alta Floresta, reconhece que o projeto “De bem com a Vida” é uma ferramenta da Polícia Civil e que irá contribuir para que ocorra o bem estar social. “É uma grande oportunidade para realizar trabalho além da atividade fim, da investigação. Desta forma a polícia estará contribuindo na formação do cidadão”, destacou.

As ações serão planejadas e desenvolvidas pelos gerentes de cada regional, sendo eles escrivães e investigadores de polícia treinados para comandar os trabalhos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.