Os presidentes do Luverdense, Mixto, Cuiabá, União, Mato Grosso (antigo Palmeiras) e Cacerense se reuniram,  na capital, e decidiram criar a Associação Mato-grossense dos Clubes de Futebol profissional para representar e defender os interesses do clube nos setores financeiros, planejamento, marketing e fortalecer campeonatos estaduais. “Temos que mostarar nossa cara e melhorar as competições oficiais de futebol”, disse, , o dirigente do Luverdense, Helmute Lawisch, um dos idealizadores da entidade. Eles pretendem começar o ano com a entidade criada oficialmente. A elaboração do estatuto e formação da primeira diretoria é este mês.

Vila, REC (Rondonópolis), Sorriso, Poconé e Sinop devem entrar na associação. Dirigentes destes clubes foram convidados para o encontro de hoje mas não compareceram.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná

Uma das primeiras medidas será cobrar, do governo estadual, o pagamento das verbas atrasadas para os clubes que disputaram o mato-grossense deste ano e os brasileiros da séries C e D, que totalizam R$ 3,1 milhões. Eles vão se reunir com deputados estaduais para pressionarem o governo.

A nova associação também cobra mudanças e renovação na Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), há decadaas comandada por Carlos Orione. “Queremos discutir o próximo pleito. Entregamos dois requerimentos pedidno quando termina o mandato desta diretoria, o que o prevê o colégio eleitoral, quem vota, quantos e demais critérios. Não estamos dizendo que vamos afrontar o Orione. Mas queremos participar. Não pode mais ocorre eleição na calada da noite”, criticou o presidente do clube de Lucas do Rio Verde. Outro requerimento é sobre dois contratos de publicidade feito com a federação – um deles com uma emissora de tv. “Queremos maior transparência”, acrescentou. “Não se fala em liga e sim em uma associação e não vamos ficar achando culpados. Buscaremos modernizar a federação e encontrar soluções”, afirmou Helmute Lawisch.

Leia também:  Polícia esclarece latrocínio de dentista com identificação de 3 envolvidos entre eles um menor

Ele disse que a diretoria será criada dentro de poucos dias. “Posso ser candidato a presidente, mas todos colegas dirigentes estão aptos para comandar a associação”, concluiu.

O campeonato mato-grossense de 2013 está previsto para iniciar em janeiro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.