O convite de filiação do senador Pedro Taques, do PDT, é só mais um entre os vários feitos à ex-senadora Serys Slhessarenko para retornar à vida pública. Partidos como o PV, PSB e PRB também querem Serys na lista de filiados. Além da possibilidade de uma nova sigla em formação a ser fundada pela ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, cujo programa inclui sustentabilidade, meio ambiente, educação, ética e renovação, que inspirou um dos possíveis nomes do partido: Semear.

No fim da campanha de 2012, Serys decidiu abandonar o PT. Segundo informações Serys tomou a decisão por sentir-se isolada e prejudicada politicamente pelo chamado campo majoritário, capitaneado pelos ex-deputados federais Carlos Abicalil e Ságuas Moraes, que na época era secretário de Estado de Educação, e pelo estadual Alexandre Cesar, e pelo coordenador-geral da campanha de Lúdio.

Leia também:  Eu não sou dono do DEM
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.