O Centro de Atendimento Integrado a Saúde da Mulher (Caism) foi interditado para reforma do prédio. O local que foi inaugurado a pouco mais de um ano já apresentava sérios problemas na construção (leia aqui) colocando em risco a vida dos pacientes e dos funcionários do Caism. A partir desta terça-feira (29) todos os atendimentos do Caism ocorrerão temporariamente no Ceadas.

A Secretária de Saúde do município, Cida Favretto, explicou que a pasta havia solicitado uma avaliação técnica do prédio e que ao receber o laudo foi constatado que o problema não seria estrutural, mas sim por falta de manutenção e que por isso era preciso passar por reformas.

Segundo a secretária para que as obras ocorressem com mais agilidade e que para não colocar os pacientes e funcionários em risco foi escolhido à opção de interditar até que a reforma seja concluída. “A reforma será feita o mais rápido possível, mas até que isso ocorra os atendimentos não serão prejudicados. Todos os serviços serão realizados da mesma forma no Ceadas”, fala.

Leia também:  Justiça bloqueia bens de ex-prefeito de Rondonópolis e outros 4 por irregularidades em obras
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.