O período de chuva também está influenciando no valor de frete em Rondonópolis. Apesar da colheita no Estado estar acontecendo desde dezembro do ano passado o valor do frete permanece estável devido a pouca oferta dos grãos.

Com a intensidade das chuvas a colheita ainda está bem ‘tímida’ em Mato Grosso, mas essa situação deve mudar quando o tempo se estabilizar e voltar a fazer sol. Por enquanto, há muitos caminhões para o transporte de grãos o que faz com que o preço do frete se mantenha dentro da normalidade.

Em média, um frete de Rondonópolis até Santos está saindo por R$ 184 a tonelada, incluso o pedágio. As transportadoras informaram que não tem saído cargas para o trajeto de Rondonópolis ao Porto de Paranaguá – PR, justamente por ainda ser início da safra e o volume de embarque ser pequeno.

Leia também:  Saúde foca em realização de novo concurso

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.