Isaquias se disse travado no início da prova, mas depois ultrapassou chinês (Foto: Ricardo Ramos/CBCa)
Isaquias se disse travado no início da prova, mas depois ultrapassou chinês (Foto: Ricardo Ramos/CBCa)

Antes mesmo da cerimônia de abertura do 6º Festival Olímpico da Juventude da Austrália, no Centro de Entretenimento de Sidney, na manhã de ontem quarta-feira, o Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro numa das principais competições esportivas para jovens do mundo. O baiano Isaquias Queiroz venceu a canoagem de velocidade na prova do C1 1000m, com o tempo de 4min08s91,

– Estava um pouco travado no começo, mas a partir da metade da prova me senti muito bem. No final da corrida, o chinês estava um pouco na frente, mas assumi a liderança e fiquei muito feliz com esta vitória. Muita gente está me apoiando e dizendo que eu sou uma promessa para o Rio 2016. Mas sei que tenho que trabalhar duro para chegar bem nos Jogos Olímpicos – comentou o jovem de 19 anos.

Leia também:  Futebol em luto: morre Gilson Lira

Isaquias já tinha sido destaque nos Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura, em 2010, quando chegou às quartas de final com o melhor tempo entre todos os competidores. No mesmo ano, o canoísta conquistou a medalha de prata no Campeonato Sul-americano, no Rio de Janeiro. E em 2011 o baiano foi campeão mundial júnior na Alemanha no C1 200m, e também medalha de prata no C1 500m.

Além da canoagem, o Brasil ainda tem representantes no atletismo, judô, lutas e natação, num total de 67 atletas na delegação. A competição acontece até 20 de janeiro, nas mesmas instalações esportivas que serviram aos Jogos Olímpicos em 2000. O Festival Olímpico da Juventude da Austrália reúne cerca de 1700 jovens talentos de 30 países.

Leia também:  Copa de 94 volta à tona com histórias de Romário e loira de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.