Carne Bovina

O preço da carne bovina apresentou desvalorização por vários meses ao longo do ano de 2012. Mas o aumento no consumo gerado pelas festas de final de ano, promoveram a recuperação dos preços em todo Estado de Mato Grosso. Em Cuiabá, por exemplo, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o preço aumentou cerca de 10%.

Os preços que mais subiram foram as carnes de primeira, como o quilo do contra-filé por R$16,50 e picanha com R$28,50. Para a comerciante Luciana Fortes, não houve como não aumentar o preço. “Teve aumento de mais de 5% no preço, pois quando chegou no fim do ano a carne veio com aumento e também começou a faltar”, explicou. No entanto, em outros supermercados o aumento não foi repassado ao consumidor.

Leia também:  Ex-deputado de MT é condenado a mais de 18 anos de cadeia por desvio de dinheiro

Nos últimos dois meses do ano passado, os preços até caíram, mas na primeira semana deste ano, os açougues e supermercados pagaram mais por todos os cortes.

Em contrapartida, as carnes menos consumidas em churrascos tiveram queda no preço. O músculo abaixou 15%, o acém 7%. A surpresa foi a redução no valor do filé mignon, considerada carne de primeira, com 3,7%.

“Nós vamos fazer um novo levantamento nessa semana para ver se essa tendência de alta vai continuar ou se os preços vão se manter nesse patamar que eles alcançaram. Temos que lembrar que em janeiro a população é mais descapitalizada”, afirmou o analista de mercado do Imea, Fábio da Silva.

Leia também:  Professor de MT é finalista de premiação nacional
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.