A Secretaria de Estado de Saúde confirmou, hoje, a primeira morte por dengue em Mato Grosso. O caso ocorreu em Jaciara. Um outro está sendo investigado em Campo Novo do Parecis. Um balanço da secretaria aponta que de 1º a 24 de janeiro, 3.169 casos da doença foram notificados. Cuiabá registrou 93 casos, Rondonópolis 161 casos, Sinop 536 casos e Várzea Grande 23. Até o momento em Mato Grosso foram 2 casos graves de deengue.

Em 2012, as notificações no mesmo período foram de 1.450 casos no Estado. Em Cuiabá, o registro foi de 84 casos, Rondonópolis 42 casos, Sinop 266 casos e Várzea Grande 90 casos.

O quadro epidemiológico caracteriza-se pela circulação simultânea de dois sorotipos virais da dengue, o DENV 1 e a introdução do sorotipo DENV 4 no Estado. A secretaria recomenda aos municípios que desenvolvam uma serie de ações contidas no plano de contingência para prevenção e controle da dengue. Dentre as ações, aumentar os trabalhos de notificação; investigação de casos e monitoramentos sempre de forma oportuna; definir estratégias para redução da força de transmissão da doença por meio do controle de vetor e de seus criadouros; sistematizar atividades de mobilização junto a sociedade; fortalecer a articulação das diferentes áreas de serviços, visando a integralidade das ações para o enfrentamento da doença no reforço as ações de articulação intersetorial em todas as esferas de gestão.

Leia também:  Servidores do Detran-MT retomam parcialmente serviços após greve

Para comabter o mosquito é necessário limpar as calhas dos telhados; os pratinhos dos vasos de plantas; manter as piscinas limpas; não deixar formar poças d`água; eliminar qualquer tipo de material que possa acumular água; garrafas ou recipientes sempre virados de boca para baixo; pneus mantidos em locais cobertos; tampar bem as caixas dágua e os poços.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.