Como qualquer outra parte do corpo, os músculos do rosto também precisam de exercícios. A ginástica facial é uma prática que ajuda a tonificar os músculos, diminuir rugas e linhas de expressão e ainda alongar a musculatura das regiões do rosto e pescoço, rejuvenescendo todo o semblante.

“A ginástica facial pode ser realizada a partir dos 20 anos. Quanto mais cedo melhor, já que a eficácia está intrinsecamente relacionada com a prevenção”, esclarece a fonoaudióloga estética facial Gisele Valdstein.

Para obter os resultados desejados, o profissional deve levar em conta os hábitos diários e as funções faciais básicas, como mastigação, respiração, deglutição e fala, para então bolar uma rotina de exercícios que podem ser realizados diariamente e que previnem o envelhecimento de forma natural.

Leia também:  O que a dieta tem a ver com a inflamação?

Retardar o envelhecimento da face e pescoço, sem intervenções cirúrgicas ou aplicações de toxinas botulínicas não é um mito, e sim, uma realidade. Apenas com a adoção de 10 a 15 minutos de exercícios diários é possível combater a flacidez, sulcos e rugas.

Os procedimentos, que podem ser realizados de forma prazerosa, funcionam como uma espécie de auto-lifting: modelam o contorno facial deixando-o mais definido, diminuem a papada, tonificam as bochechas e elevam as pálpebras, o que revitaliza e rejuvenesce o olhar.

“Além dos exercícios, o paciente irá aprender a relaxar os músculos da face que trabalham em excesso provocando os indesejáveis vincos na face”, conta a fonoaudióloga sobre o tratamento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.