Na primeira reunião do governador Silval Barbosa com todos os secretários de Estado, realizada hoeje, no Palácio Paiaguás, ficou determinado que o governo do Estado irá realizar um esforço para executar de 90 até 95% dos recursos orçamentários e financeiros no exercício deste ano. Isso significa mais eficiência na execução do orçamento, com prioridade para as áreas de Educação, Saúde, Segurança e Infraestrutura. O secretário-Chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf, ressaltou que a aplicação acima de 90% do orçamento é exigência do próprio crescimento social e econômico por qual Mato Grosso vem vivenciando nos últimos anos.

Silval, segundo a assessoria de imprensa, abriu a reunião apresentando as diretrizes de governo para os próximos dois anos, com foco na execução do programa de governo. O governador quer o máximo de eficiência dos gestores na execução do orçamento, para que não sobre pendências.

Leia também:  MPE entra com ação para município criar abrigo e esterilizar animais de rua

O secretário de Estado da Fazenda, Marcel de Cursi, explicou que o governo, por determinação de Silval, vai realizar um esforço para alcançar nível de execução orçamentária, em até 95% em 2013. Para compreender isso, em termos de comparação, nos exercícios anteriores existiam demandas orçamentárias que acabaram não se realizando por falta de repasses do governo federal dos convênios assinados. O que se quer agora é que os secretários se esforcem na captação dos recursos e em sua execução para viabilização de todos os projetos que estão na Lei Orçamentária para alcançar o mínimo de 90% do orçamento.

Cursi explicou ainda que vai procurar garantir o teto financeiro mensal para as secretarias fins para serem utilizados com rapidez e cumprir essa meta. Ele também destaca que o nível de investimento de Mato Grosso ampliou com a renegociação da dívida e o Governo deve investir este ano em torno de R$ 4 bilhões de recursos próprios, que é um número bastante expressivo, já que o Estado, nos últimos anos vinha investindo em média R$ 1 bilhão por ano.

Leia também:  Mais de 300 cirurgias são realizadas no segundo dia de Caravana

Nadaf lembrou que a receita orçamentária deste ano de 2013 é de R$ 12,8 bilhões. Não existe contingenciamento orçamentário. Neste domingo (20) Silval irá reunir-se com os secretários adjuntos e chefes de núcleos sistêmicos, parte importante no conjunto da execução do orçamento de cada secretaria, e assim atender o maior número de demandas da sociedade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.