Um grupo de empresários italianos, capitaneados pela Câmara de Comércio Privado Itália-Brasil, apresentou ao governador Silval Barbosa, nesta sexta-feira (19), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, projetos e intenção de investimentos em Mato Grosso. “É o primeiro passo de empresas com intenções de investimentos e participar do processo de desenvolvimento do Estado”, disse o coordenador da Câmara e da empresa de tecnologia Lettera22, Maurizio Rocchi.

Segundo o presidente da MT Participações e Projetos S.A (MT-Par), César Zilio, Silval Barbosa assistiu a uma apresentação mostrando o perfil e agenda de negócios de cada uma das oito empresas participantes da comitiva e ao final da reunião se mostrou bastante satisfeito e confiante que a visita se converta em ótimos negócios que beneficiem, não só a economia, mas a sociedade como um todo, na geração de emprego e renda.

Leia também:  Em troca de incentivos fiscais, Silval Barbosa revela que cervejaria doou cerca de R$ 2 milhões

O presidente da MT-Par fez questão de destacar o fato da visita ser exclusiva a Mato Grosso e nos últimos dois dias (23 e 24.01) estiveram reunidos com a diretoria da empresa conhecendo a realidade socioeconômico do Estado, perspectiva de crescimento e possibilidades de parcerias nas mais diversas áreas.

O empresário Aroldo Curzi, membro da Câmara de Comércio Privado, explicou que os empresários na Europa recebem informações sobre Mato Grosso e seu crescimento em níveis asiáticos. Eles vieram, de forma exploratória, ver se esse crescimento é coordenado e sustentável e qual a melhor forma de participar. Empresas dos mais diversos ramos, nas áreas de infraestrutura, construção, de energia e projetos.

Integram a comitiva, representantes da Taccolini Energia, empresa C&M Informática, Proteo Engenharia, Studio de Arquitetura, PO Ginero e Figli, empresa B&C, e Rebaiolispa.

Leia também:  Projeto do novo IPTU é protocolado e prefeito pede apoio aos vereadores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.