Cerca de 220 mil matrículas já foram efetivadas na rede estadual de ensino de Mato Grosso. O número representa metade do previsto para este ano, quando são estimados 10% acima das 470 mil registradas no ano anterior. As inscrições em todo o Estado vão até o dia 23 de janeiro e em 04 de fevereiro iniciam as aulas na rede estadual.

A gerente de Avaliação e Desenvolvimento da Superintendência de Gestão Escolar da Seduc, Gislene Bastos Pereira, pontua que o trabalho de validação das matrículas e efetivação das turmas é desenvolvido diuturnamente para dar suporte as equipes envolvidas no processo das escolas. “Trabalhamos em um grande força-tarefa”, diz.

Leia também:  Concurso da Seduc com 5,7 mil vagas encerra as inscrições nesta terça-feira (15)

Segundo Gislene, a Seduc tem capacidade para atendimento de toda a demanda. “Todas as unidades escolares desenvolvem atividades subsidiadas pelas Orientações Curriculares, que prioriza investimentos em projetos pedagógicos que estimulem a pesquisa e valorizam o saber de cada indivíduo”, explicou.

Gislene cita ainda investimentos na formação profissional por meio dos 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapros) e um constante acompanhamento das escolas por meio do Projeto Político Pedagógico (PPP), que prioritariamente, deve ser elaborado com o conhecimento e plena participação da população por meio dos Conselhos Deliberativos da Comunidade Escolar.

“O compromisso é de todos. E não há problema no Estado com ausência de vagas. Não será possível o atendimento a todos os estudantes em unidades específicas em apenas um único horário, mas as vagas estão garantidas”.

Leia também:  IPVA| inadimplentes de 2017 podem dividir os débitos em até três vezes

A gerente disse que o  processo de matrículas segue com tranquilidade no Estado, considerando situações pontuais. A Seduc orienta pais e responsáveis quanto à disponibilidade de vagas.

Na região norte do Estado, por exemplo, as duas maiores cidades registram tranquilidade nos agendamentos. Em Sinop, as escolas ofertam vagas nos períodos vespertino e noturno, conforme dados da Assessoria Pedagógica. No município, a Seduc disponibiliza 18 escolas que devem atender cerca de 17 mil alunos na educação básica. Dados da coordenadoria de Tecnologia da Informação da Seduc , apontam que na cidade já foram matriculados 9,8 mil estudantes.

Em Sorriso, as escolas José Domingos Fraga, Treze de Maio, Inácio Schevinske Filho e Cristiano Araújo (localizadas em área urbana) e a escola Cristiano Araújo (área rural) possuem vagas para Ensino Fundamental e Médio. O encerramento de matrículas só ocorreu na Escola Estadual Mário Spinelli (exclusiva para atendimento do Ensino Médio). No município, foram computadas cerca de 3 mil matrículas. Em 2012, foram atendidos na rede estadual cerca de seis mil alunos.

Leia também:  Aos 69 anos, aposentado cursa nível superior na Unemat
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.