As papelarias de Rondonópolis estão cheias com a proximidade do início do ano letivo. Os pais estão em busca da lista de materiais escolares e para não errar na hora da compra da mochila um fisioterapeuta dá dicas para que a criança não sofra de problemas na coluna.

Além do preço e da beleza da mochila os pais precisam estar atentos ao modelo e o peso que a criança vai carregar durante todo o ano. Segundo a fisioterapeuta, Maria Fernanda Camilo, a mochila escolhida deve ser confortável e deve ficar ajustada até no meio da coluna. “Prefira mochilas que tenham alças mais curtas e que adapte aos ombros ficando bem no meio para não incomodar os ombros e nem o pescoço. A bolsa deve ser carregada com os dois ombros e não em um só”, fala.

Leia também:  Novas imagens mostram que camionete estava em alta velocidade

A fisioterapeuta explica que o peso da mochila não pode ultrapassar 10% do peso da criança ou do adolescente. Já para aqueles que precisam levar mais peso é melhor optar pela mochila de rodinhas que pode chegar até 20% do peso de quem está carregando. “As alças para puxar a mochila deve estar ajustada de uma forma confortável para que a criança não precise se abaixar para levá-la”, diz.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.