A Petrobras anunciou ontem à noite um aumento de 6,6% no preço da gasolina comum (Gasolina A) e de 5,4% no preço do óleo diesel nas refinarias da companhia em todo o país a partir de amanhã (30). A nota conclui que o reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da companhia de buscar alinhar os preços dos derivados aos praticados no mercado internacional.

De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de Mato Grosso (Sindipetróleo), os preços da gasolina e do diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado, não incluem os tributos federais CIDE e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS. Esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da Companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo.

Leia também:  Casal é encontrado morto dentro de residência em Mato Grosso do Sul

Para o consumidor final ainda não está definido quando será repassado o aumento, nem de quanto ele será.

Conforme Só Notícias já informou, estava previsto no plano de negócios (2012-2016) ter um reajuste de 15% para gasolina e diesel nesse período. Em junho de 2012, houve reajuste de 3,94% no diesel e de 7,83% na gasolina. Em julho do mesmo ano, ocorreu outro aumento de 6% no diesel.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.