O secretário de acompanhamento econômico do Ministério da Fazenda, Antônio Henrique Silveira, afirmou nesta quarta-feira (16) que ainda nao há uma decisão do governo sobre aumento de preço da gasolina, mas confirmou que a defasagem no preço do produto é equivalente a 7 por cento.

Ainda segundo ele, a mistura do etanol à gasolina, hoje em 20 por cento, deve ser aumentada apenas quando entrar a próxima safra de cana de açúcar, a partir de abril.

Advertisements
Leia também:  MT é eleito o 3º estado com melhor frequência escolar no ensino médio

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.