Depois de ser mantida durante dois dias em cárcere privado pelo namorado, que exigia o pagamento de R$ 1.000 para libertá-la, uma estudante de 13 anos foi libertada após o caso chegar ao conhecimento da Polícia Militar (PM). Na madrugada de ontem, ela foi resgatada do cativeiro, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. O acusado do sequestro, que tem 15 anos, e o seu comparsa, o irmão, de 14, foram apreendidos em flagrante.

De acordo com a Polícia Militar, a jovem saiu de casa na segunda-feira para uma consulta ao dentista. Depois disso, não voltou mais. “A partir daí, a mãe passou a receber ligações do adolescente, que exigia o dinheiro para libertá-la. Caso contrário, ele iria matá-la”, contou o tenente Breno Otávio Pinheiro Chagas Sales, do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Segundo o policial, grávida, a mulher, de 35 anos, disse que não tinha como pagar pelo resgate. Desesperada, acabou chamando a atenção dos vizinhos, que acionaram a PM. Especializado neste tipo de negociações, o Gate acabou entrando no caso.

Leia também:  Dupla assalta estabelecimento comercial na Cidade Salmen

Depois de realizar vários levantamentos, os militares chegaram até uma casa na rua Minas Novas, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Sabará. Por volta das 21h30 de anteontem, os militares cercaram o imóvel. Segundo o tenente Sales, a entrada da casa estava sem o portão, sendo protegida apenas por um tapume, o que leva a crer que o adolescente tenha arrombado o imóvel para usá-lo como cativeiro.

“Assim que chegamos, nos identificamos como sendo do Gate. Assustado, o rapaz de 14 anos disse que entregaria a jovem. Em seguida, correu para o quarto onde estava a menina. Assim que entramos, a garota saiu do cômodo e o garoto veio logo em seguida”, contou o tenente. De acordo com ele, durante a operação, que durou menos de cinco minutos, o adolescente de 15 anos conseguiu fugir pelos fundos da casa, onde havia uma escada encostada no muro. Ele chegou a pular dentro de três casas, mas acabou apreendido em um dos imóveis.

Leia também:  Pai embriagado provoca acidente e filha de 2 anos é encaminhada ao PA Infantil

TORTURA

De acordo com a PM, durante os três dias em que permaneceu em poder do namorado, a jovem teria sido estuprada, sofrido várias agressões físicas e ameaçada com uma faca. “Quando a encontramos, ela mal conseguia caminhar. Estava num estado muito delicado, com o corpo e as roupas sujas”, contou Sales. Depois de libertada, ela foi encaminhada a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Sabará, onde foi medicada. Os adolescentes foram encaminhados para a delegacia da cidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.