Cerca de 30 motoristas que trafegaram pela MT 130 até o Lixão Municipal foram notificados, nesta sexta-feira (11.01), pelo Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), quanto a forma correta de transportar os resíduos. A Operação Pista Limpa contou com o apoio da Polícia Militar, a Polícia Ambiental, a Secretaria Municipal de Trânsito (Setrat), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e a concessionária Morro de Mesa.

O chefe do setor de Resíduos Sólidos do Sanear, Marcelo Spani, afirmou que tem sido feito trabalho de conscientização com os motoristas de pick-ups e caminhões que transportam o lixo inadequadamente e deixam resíduos pelas ruas. “Não há problema transportar entulhos, contudo os carros devem estar devidamente cobertos com lonas para que o produto não seja espalhado pelas vias públicas e cause acidentes e poluição”, frisou.

Leia também:  Dia Especial | Hemocentro abre as portas para receber doação de sangue neste sábado

Spani argumentou que com o fechamento dos Ecopontos na cidade o trafego de motoristas com resíduos aumentou significativamente e com isso o lixo na pista, em razão disso serão feitas ações no perímetro urbano para fiscalizar as pessoas que fazem o transporte inadequadamente ou depositam resíduos em áreas verdes ou terrenos vazios da cidade.

A Operação Pista Limpa vai ser continua e deve ser realizada novamente nas próximas semanas. Quem for pego conduzindo resíduos sólidos sem a devida proteção, vai ter de pagar multa, que varia entre R$ 5 mil a R$ 50 milhões, de acordo com a legislação do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e pode ter o veículo apreendido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.