Netanyahu fala com potenciais eleitores nesta quinta-feira (17) (Foto: AFP)
Netanyahu fala com potenciais eleitores nesta quinta-feira (17) (Foto: AFP)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, indicou em uma declaração publicada nesta sexta-feira (18) que não evacuará nenhuma das colônias na Cisjordânia durante seu mandato se voltar a vencer as eleições legislativas da próxima terça-feira (22).

Em resposta a uma pergunta do jornal Maariv sobre se podia prometer, em caso de vitória, que nos próximos quatro anos nenhuma colônia será desmantelada, Netanyahu respondeu: “Sim, os dias nos quais os buldôzeres retiravam os judeus formam parte do passado, e não do futuro”.

“Não retiramos nenhuma implantação, as reforçamos”, acrescentou Netanyahu, lembrando que seu governo criou a primeira universidade israelense na Cisjordânia ocupada, na colônia de Ariel.

“Ninguém tem que me dar lições sobre o amor a Eretz Israel (a Terra de Israel) ou sobre o compromisso com o sionismo ou os assentamentos”, disse Netanyahu.

Leia também:  Prefeito recebe facada no pescoço de protestante na Alemanha

O primeiro-ministro respondia ao partido nacionalista religioso Lar Judeu, dirigido por Naftali Bennett, que pede a colonização acelerada da Cisjordânia e que, segundo as pesquisas, pode tirar votos do Likud Beitenu, a aliança de direita dirigida por Netanyahu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.