Foto: reprodução
Foto: reprodução

Foram as gravações de dois episódios de “As Brasileiras”, série exibida pela Globo em 2012, que incentivaram Carla Daniel a fazer mudanças drásticas na silhueta. Dezoito quilos mais magra, a atriz falou sobre o processo de emagrecimento.

“No ano passado, interpretei duas personagens em episódios de ‘As Brasileiras’, Jupiára e Clotilde, e a diretora, Tizuka Yamasaki, achou legal que se fizesse uma diferenciação entre elas. Só que me empolguei e resolvi emagrecer bastante por conta própria”, explicou Carla.

“Foram 18 quilos ao todo. Teve uma galera atrás de mim. Contei com o apoio doutora Maria Amélia Bogéa, que montou um cardápio equilibrado, fiz atividades físicas, muita massagem, foi toda uma estrutura e claro, força de vontade para manter a boca fechada. Vou confessar que é bem complicado ficar longe das guloseimas, mas acho que o mais difícil é começar. Depois que você começa a ver as mudanças no corpo, é muito legal, e isso vai te incentivando”, completou.

Leia também:  Resumo de novelas desta segunda-feira (31)

De férias da televisão desde o fim de “As Brasileiras”, Carla tem aproveitado o tempo livre para explorar outras facetas. Cantora e compositora, a atriz teve músicas que entraram nas trilhas sonoras de novelas como “Bebê a Bordo” e “Bambolê”.

“Gosto de dizer que tenho três profissões de carteira assinada: cantora, compositora e atriz. Já tive a honra de gravar com grandes nomes, como César Camargo Mariano, e tenho muito trabalho fora do país relacionado à musica e ao cinema. Acabei de voltar de Portugal, onde entrevistei a banda Xutos & Pontapés, bem famosa por lá, fui ao Chile para participar do júri de um festival de cinema também. O pessoal acha que a gente não está fazendo nada se não está na novela, mas a verdade é que eu não paro”, comentou.

Leia também:  Resumo de novelas desta quarta-feira (21)

Em breve, Carla se prepara para estrear um novo longa, “Se Puder … Dirija!”, em abril. “É um trabalho muito bacana com direção de Paulo Fontenelle. Faço uma participação muito querida, é o primeiro filme em 3D brasileiro”, explicou a atriz sobre o longa, que tem no elenco nomes como Luiz Fernando Guimarães, Lavínia Vlasak e Reynaldo Gianecchini.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.