Vários produtos podem prejudicar a visão de uma pessoa, entre elas os óculos, a lente e colírios que foram feitos para ajudar.

A compra e o uso de óculos escuros não é somente uma questão de estética, mas também de conforto para os olhos. De acordo com a oftalmologista Maísa Palhante a cor da lente faz toda a diferença e pode ser útil em diversas situações.

A regra para os óculos de sol é que tenham proteção contra os raios ultravioleta para evitar danos aos olhos. Em relação à cor da lente, as nas cores marrom e amarela são indicadas para dirigir; já a lente verde pode ser a melhor opção para quem tem mais de 60 anos e a lente cinza é a coringa porque funciona praticamente em qualquer situação.

Leia também:  BR-364 será interditada para detonação de rocha nesta sexta-feira (28)

A oftalmologista disse também que as pessoas devem ter cuidado com a lente de contato, principalmente quanto à limpeza. O estojo da lente também deve ser lavado com uma escova apropriada e sabonete neutro uma vez por semana. Uma vez por mês, a pessoa pode ferver a caixinha ou substituí-la por uma nova. É importante não prolongar o uso da lente se essa for indicada para 30 dias.

Outro problema grave é quanto ao uso do colírio Muitas pessoas utilizam esse medicamento sem orientação e não sabem que, se usado inadequadamente, pode causar catarata, glaucoma e até cegar. Dependendo da infecção, o excesso de colírio pode causar até a perfuração do olho afirma Maisa.

Leia também:  Dia dos Namorados deve movimentar comércio de Rondonópolis

É importante saber que todo colírio tem um prazo de validade de 30 dias porque pode sofrer alterações e ser contaminado. A dica é colocar um adesivo na embalagem indicando a validade para que a pessoa não corra o risco de utilizar o colírio fora desse período.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.