O Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) realiza na próxima sexta-feira (11) em parceria com a Polícia Militar, a Polícia Ambiental, a Secretaria Municipal de Trânsito (Setrat), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e a concessionária Morro de Mesa, mais uma etapa da Operação Pista Limpa.

O objetivo é conscientizar e fiscalizar os motoristas de pick-ups, caminhões e outros veículos que trafegam pela MT 130 até o Lixão Municipal, localizado ao lado da Penitenciária da Mata Grande, levando resíduos sólidos, de que é necessário cobrir a carga corretamente com lonas.

De acordo com o chefe do setor de Resíduos Sólidos do Sanear, Marcelo Spani, a fiscalização será punitiva. “Com o fechamento de um dos Ecopontos da cidade, o movimento no Lixão da Mata Grande aumentou bastante. O problema é que durante o trajeto, os motoristas estão deixando cair muitos resíduos nas pistas. Nós já fizemos vários flagrantes, inclusive de um caminhão que carregava uma caçamba e deixou vários parabrisas usados caírem pelo caminho. Por isso, vamos fazer a fiscalização para evitar esse tipo de coisa”, explicou.

Leia também:  Integrantes do MST devem ficar 10 dias acampados na fazenda de Blairo Maggi

Marcelo ressaltou que a limpeza da estrada também contribui para a diminuição dos acidentes de trânsito. “Queremos manter a MT 130 limpa e evitar acidentes. Por isso, todos os caminhões precisam trafegar com a lona, para evitar que terra, galhos e outros objetos caiam dos caminhões”, disse. Spani ressaltou ainda que é crime ambiental transportar resíduos sólidos sem a proteção adequada.

A operação vai ser realizada nesta sexta, das 7h às 11h e das 13h às 18h, a partir do km 01 da MT 130. A Operação Pista Limpa vai ser contínua e deve ser realizada novamente nas próximas semanas. Quem for pego conduzindo resíduos sólidos sem a devida proteção, vai ter de pagar multa, que varia entre R$ 5 mil a R$ 50 milhões, de acordo com a legislação do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Leia também:  Dia dos Namorados deve movimentar comércio de Rondonópolis

Coleta Seletiva

O Sanear também está dando continuidade ao serviço de coleta seletiva do lixo nas aldeias Tadarimana, Praião, Pobore e Jurique, além de atender a comunidade Cabeceira do Almoço. O caminhão tem passado nas localidades pelo menos uma vez por mês. Todo o lixo seco recolhido esta sendo encaminhado para o projeto União Cidadã Recicla Rondonópolis para ser reciclado. Já o lixo orgânico está sendo utilizado como adubo.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.