Um estudo feito pelo maior site de busca de empregos dos Estados Unidos apontou que profissionais que reclamam no trabalho tem menos chances de crescer profissionalmente dentro da empresa.

De acordo com os dados 57% dos empregadores afirmam que são menos propenso a promover alguém que reclama no trabalho. Para eles este comportamento é visto como falta de maturidade, controle e profissionalismo.

Apesar de este comportamento atrapalhar o convívio no local de trabalho a maioria, 51%, dos profissionais admite que pragueja no serviço. Entre os que reclamam 95% afirmam que desabafam somente com colegas, mas 51% dizem que também reclamam na frente dos supervisores.

Leia também:  Jogador de futebol morre em Curitiba após colidir carro em poste

Foram ouvidos 2.000 recrutadores e 3.800 profissionais durante a pesquisa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.