A Polícia Ambiental apreendeu 216 quilos de pescado na comunidade de Praia Grande, nesta sexta-feira, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Os peixes das espécies, pintado e cachara, de diversos tamanhos, estavam escondidos em uma mata. Cinco pessoas conseguiram fugir do local.

Apenas nesta semana, em mais duas operações, a Polícia Ambiental apreendeu cerca de 735 quilos de pescado irregular em cidades de Mato Grosso. É proibida a pesca no Estado, inclusive na modalidade pesque e solte, durante o período de defeso da piracema, entre 1° de novembro e 28 de fevereiro deste ano.

Pescadores e estabelecimentos que comercializam pescado precisam inclusive declarar a quantidade dos estoques. A multa para quem for pego sem a declaração de estoque de pescado ou praticando a pesca depredatória varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil.

Leia também:  Vítima tenta impedir assalto e é agredida por criminosos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.