A população de Rondonópolis vai ser beneficiada com mutirão de exames de pele e orientações sobre a prevenção da hanseníase, no período de 20 a 26 de janeiro. A programação desenvolvida pelas equipes dos departamentos de Ações Programáticas e de Atenção Básica, em parceria com a Associação Alemã de Assistência aos Hansenianos – DAHW e estagiários da UFMT marca o dia mundial de combate à doença no município.

A gerente do Departamento de Ações Programáticas, Eliane Ormund, antecipa que as primeiras orientações para a comunidade vão acontecer durante cultos e celebrações religiosas na manhã do domingo (20). Lourenço Ribeiro da Cruz Neto que é responsável pelo programa de combate à hanseníase, vai coordenar o trabalho para levar informações aos fiéis das igrejas católicas e evangélicas, das 7 às 11 horas.

Leia também:  Paralisação | Equipe médica da UTI Neonatal e Pediátrica da Santa Casa desistem de atendimentos

Entre terça e sexta-feira (22 a 25) acontecem mutirões para realização de exames de pele e palestras de orientação nas unidades do Programa de Saúde – PSFs. As primeiras comunidades beneficiadas são as do Jardim Atlântico e do Europa que recebem o projeto dia 22. Na quarta (23) a ação acontece no PSF do Caic. Dia 24 são contemplados os usuários do PSF Vila Olinda/Dom Bosco e Primavera.

Na sexta o mutirão acontece no PSF Monte Líbano. A ação de encerramento da programação é no sábado (26), na Praça Brasil e deve atender todas as pessoas que circularem pela região central da cidade, no período das 8 às 14 horas. Eliene Ormund informa que os casos suspeitos identificados na série de mutirões vão ser encaminhados ao Centro de Saúde do Jardim Guanabara que é referência no tratamento da doença.

Leia também:  Área Social é destaque em audiência pública que discutiu projeto da LOA 2018
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.