Fumaça e fogo se erguem do local do acidente com helicóptero nesta quarta-feira (16) em Londres (Foto: Toby Scott, PA/AP)
Fumaça e fogo se erguem do local do acidente com helicóptero nesta quarta-feira (16) em Londres (Foto: Toby Scott, PA/AP)

Um helicóptero caiu nesta quarta-feira (16) na região central de Londres, provocando duas mortes e deixando dois feridos, segundo a polícia britânica.

O acidente ocorreu durante a hora do rush, perto da importante estação de trem Vauxhall no bairro movimentado de Lambeth, próximo a uma ponte movimentada sobre o Rio Tâmisa.

A polícia foi alertada às 8h locais (6h do horário brasileiro de verão).

De acordo com testemunhas, o aparelho se chocou contra uma grua que estava no alto de um prédio em construção e caiu no chão, envolto em uma bola de fogo.

Havia neblina na hora do acidente.

Três veículos que estavam estacionados na região foram atingidos pelas chamas, segundo as testemunhas.

Leia também:  Submarino desaparecido está em fase "crítica" de oxigênio, diz Marinha argentina

Havia destroços pelas ruas.

Os dois feridos foram levados a hospitais próximos, e não havia informação sobre seu estado, de acordo com a Scotland Yard.

Pelo menos um dos mortos estava no helicóptero.

Paul Ferguson, uma testemunha interrogada pela BBC, relatou: “houve um lampejo e o helicóptero caiu no chão. Explodiu e você pode imaginar a fumaça que saiu dali”.

Muitas chamadas de emergência foram feitas para os bombeiros.

Pelo menos quatro ambulâncias foram mandadas à região.

As ruas próximas foram fechadas, e as autoridades pediram aos moradores que evitassem a região.

Uma fumaça negra ergueu-se no local do acidente, que fica próximo ao prédio do MI6, serviço secreto britânico.

Leia também:  Países apostam em faixa de pedestre em 3D para diminuir atropelamentos

O aeroporto London City os voos foram prejudicados nesta quarta-feira em consequência da baixa visibilidade.

Polícia descarta terrorismo

A polícia britânica afirmou que não há nada que indique ligação com terrorismo na queda do helicóptero.

“Não há nada que sugira qualquer ligação com o terrorismo”, disse um porta-voz da polícia antiterrorista.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.