A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) e o Rotary Internacional de Mato Grosso oficializaram nesta quarta-feira (09.01) uma parceria para o trabalho voluntário durante o Mundial de 2014. O atual governador do Rotary, Antônio Zago, e o seu sucessor, José Eustáquio, que assume o cargo em julho deste ano, reuniram-se com o secretário da Secopa, Maurício Guimarães, para elaboração de um plano de trabalho conjunto de divulgação e voluntariado.

A parceria partiu da criação de um comitê pró-copa por parte do Rotary, com a proposta de contribuir com a realização da Copa do Mundo em Cuiabá. A cidade vai sediar quatro partidas de futebol e tem a missão de receber aproximadamente 70 mil turistas nos dias de jogos. O evento tem duração de 30 dias e a intenção é que Mato Grosso possa divulgar seu potencial e estender o tempo de permanência dessas pessoas durante o Mundial.

Leia também:  Sebastião Rezende pede esclarecimentos à Energisa sobre a qualidade dos serviços prestados

O Rotary tem 1.300 integrantes em Mato Grosso e 1,3 milhão em todo o mundo. Além de divulgar as ações e preparativos de Cuiabá nacional e internacionalmente, a instituição poderá atuar na hospedagem das famílias rotarianas.

O secretário Maurício Guimarães ofereceu uma estrutura que será montada dentro da sede da Secopa para o desenvolvimento do trabalho dos parceiros. Assim como firmou parceria com o Rotary, o secretário pretende contar com o apoio do Lions Clube e da Maçonaria para realização do Mundial.

“O evento Copa do Mundo tem que trazer transformações positivas para o nosso Estado e não podemos fazer um evento deste porte sozinho. Por isso precisamos do apoio de parceiros importantes como o Rotary”, destacou Maurício Guimarães.

Leia também:  Vereador Thiago Silva propõe a criação de banco para materiais de construção

Neste fim de semana, os governadores do Rotary, Antonio Zago e José Eustáquio, já começarão a divulgar Mato Grosso e Cuiabá para milhares de pessoas em um evento rotariano sediado em San Diego (EUA).

Para o ex-governador do Rotary, Serafim Carvalho Melo, e o assessor especial da Secopa, Agripino Bonilha Filho, essa parceria pode impulsionar o turismo de negócios e de passeio. “Devemos mostrar ao mundo as oportunidades de investimento em Mato Grosso. Cada partida de futebol gera 400 horas de transmissão, pois a imprensa que cobre o evento faz diversas abordagens sobre a cultura, economia e curiosidades das cidades-sede. Como Cuiabá terá quatro jogos, Mato Grosso somará pelo menos 1.600 horas de exposição da mídia internacional, temos que aproveitar bem o espaço”, argumentou Agripino Bonilha.

Leia também:  Deputados aprovam o PEC do Teto de Gastos em 2ª votação

Participaram também do encontro os secretários adjuntos da Secopa, Darci Lovato (Projetos Especiais) e Alysson Sander (de Infraestrutura e Desapropriações).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.