A Universidade Federal de Mato Grosso é a 9ª instituição de ensino mais procurada pelos estudantes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Oferecendo 5.123 vagas, a instituição já recebeu quase 50 mil inscrições de mais de 33 mil alunos diferentes. O balanço parcial dos 2 primeiros dias de inscrição foi divulgado nesta terça-feira (8), em Brasília (DF), pelo ministro da Educação, Aloízio Mercadante.

A expectativa dos responsáveis pelo sistema na UFMT é a de que o número cresça ainda mais até a próxima sexta-feira (11), prazo final para que os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), avaliação cuja nota é usada no Sisu, escolham os cursos e as instituições. Isso porque, no ano passado, Mato Grosso teve cerca de 124 mil inscrições, oferecendo pouco mais de 6 mil vagas.

Leia também:  Mato Grosso é o 3º que mais contratou jovens aprendizes em 2017

O Ministério da Educação (MEC) pretende, diariamente, atualizar no Sisu as notas de cortes para os estudantes, além de passar dados sobre o número de inscrições por instituição de ensino e os cursos mais procurados.

Nesta terça, ao anunciar o ranking das universidades, Mercadante também revelou os cursos mais procurados e aqueles com as maiores notas de corte. Nenhum curso da UFMT ou de qualquer outra instituição de Mato Grosso figurava nestas duas relações. Das quase 130 mil vagas para cursos superiores oferecidas no país, cerca de 7,5 mil estão em Mato Grosso. Além das mais de 5,1 mil vagas oferecidas pela UFMT, 501 são do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e 1,9 mil da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), com vagas em Cuiabá e diversos municípios do interior. Ao todo, a UFMT possui vagas para 89 cursos dos 5 campi da instituição. O campus de Cuiabá é o que oferece mais cursos, são 46, seguidos de Rondonopólis (17), Sinop (10), Araguaia- Barra do Garças (8) e o campus de Araguaia – Pontal do Araguaia (8).

Leia também:  MPE pede e Justiça condena ex-vereador e ex-secretário de Saúde de Curvelândia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.