A Associação Comercial e Empresarial de Sorriso (ACES) está organizando um grande manifesto público pedindo melhores condições na BR-163. A presidente eleita da entidade, Neiva Dalla Valle, informou que a mobilização está marcada para dia 12, a partir das 9h, com a paralisação da rodovia. Também está prevista uma audiência pública no auditório da associação. Na carta, ela convoca representantes do governo do Estado, Assembleia Legislativa e governo federal a participarem. Por meio de sua página pessoal, em uma rede de relacionamentos, ela critica a situação. “Chega de tapa buraco. Chega de descaso, quantas vidas serão ceifadas para que se haja providência. A ACES e mais 15 associações comerciais do Norte do Mato Grosso estão engajados nessa luta”.

Leia também:  Rodovias federais de MT terá reforço de fiscalização durante feriado de 7 de setembro

Na carta manifesto, ela aponta que a rodovia é o principal elo com a região Norte, além de ser o principal corredor para escoamento da produção local. “Nosso maior problema encontra-se na precariedade da unida rodovia que utilizamos, rodovia esta que antes de qualquer coisa é cartão de visitas do Médio Norte mato-grossense”.

Em outro trecho ela aponta que “não estamos pedindo, mas sim exigindo soluções concretas e definitivas, pois somos cidadãos e representantes da sociedade. Eis que somos uma região que contribui em muito para o crescimento do PIB em nosso país”.

Conforme Só Notícias já informou, pelo menos quatro pessoas morreram, esta semana, em acidentes registrados ao longo da BR-163. Em um dos casos, em Lucas do Rio Verde, na terça-feira (20), uma van transportando pacientes se envolveu em uma colisão com um bitrem e duas mulheres morreram.

Leia também:  Em 6 meses, fiscalização apreende 2,4 toneladas de pescado irregular

No mesmo dia, em Nova Mutum, um adolescente, 15 anos, faleceu em uma violenta colisão entre Mitsubishi Pajero, placas Arapongas (PR), e uma carreta Scania preta. O impacto foi tão forte que a caminhonete partiu ao meio. Também em Sinop, uma van que transportava paciente da região tombou após colidir com uma GM S-10. Dez pessoas foram encaminhadas para o Pronto Atendimento, mas uma mulher sofreu um grave traumatismo e continua internada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.