O Ministério Público Estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado – Gaeco, deflagrou na manhã desta segunda-feira (04.02) a ‘Operação Suporte’ para o cumprimento de 10 mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo da 1ª Vara da Comarca de Comodoro-MT. Os investigados teriam participado direta ou indiretamente dos roubos ocorridos na modalidade Novo Cangaço nas Agências do Banco do Brasil e Bradesco na cidade de Comodoro, no final de outubro do ano de 2012.

De acordo com as investigações, durante os assaltos foram subtraídos mais de um milhão e meio de reais. Os episódios causaram comoção na comunidade pela forma violenta de atuação dos criminosos. Segundo o Gaeco, na manhã de hoje foram cumpridos mandados de prisão contra a advogada Jackeline Moreira Martins Pacheco (atuante em Cuiabá), Basinaldo Moura de Jesus vulgo Baiano, Rayflan Douglas de Oliveira Markoski, Antonio Nilson Ribeiro da Silva e Raimundo Nonato Ribeiro da Silva (conhecidos como irmãos Parazinho).

Leia também:  Assaltantes armados invadem residência e rendem casal no Jardim Rondônia

Os irmãos Parazinho foram notificados da expedição do mandado de prisão na Penitenciária Central do Estado onde já cumprem pena por outros crimes.

Outras 05 pessoas ainda são procuradas pelo GAECO, cujas identidades serão preservadas para não prejudicar os trabalhos.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.