Joice Silva (de vermelhor) nas Olimpíadas de Londres 2012 (Foto: AP)
Joice Silva (de vermelhor) nas Olimpíadas de Londres 2012 (Foto: AP)

O Comitê Olímpico Internacional (COI) indicou nesta terça-feira a exclusão da luta olímpica do programa das Olimpíadas de 2020. A decisão final será anunciada apenas em setembro, em Buenos Aires, durante a Assembleia do COI, depois da escolha da cidade sede. A luta não aparecia entre os mais “ameaçados”, já que é o terceiro esporte a distribuir mais medalhas: 72 – atrás apenas de atletismo e natação. Um dos cotados para sair era o pentatlo moderno, modalidade em que a brasileira Yane Marques foi bronze em Londres 2012.

Em Londres, o Brasil teve apenas uma representante na luta: Joice Silva, na luta livre. Ela perdeu no primeiro combate, para a russa Valeriia Zhobolova. Outros três atletas brasileiros foram aos Jogos: Floriano Spiess (1988), Roberto Leitão (1988 e 1992) e Antoine Jaoude (2004).
A notícia é um balde de água fria nos planos brasileiros para o esporte. No mês passado, o Rio de Janeiro, sede das Olimpíadas de 2016, inaugurou um centro de treinamento internacional, com equipamentos cedidos pela Federação Internacional de Lutas Associadas.O COI analisa sistematicamente os 26 esportes que atualmente fazem parte do programa olímpico. Leva em conta: audiência, venda de ingressos, controle de doping, número de países participantes e popularidade. Os últimos excluídos foram beisebol e softbol, que se despediram em Pequim 2008. Em 2016, no Rio de Janeiro, golfe e rúgbi ocuparão as vagas.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União

Beisebol e softbol uniram forças e, juntos, vão tentar entrar de novo em 2020, assim como outros esportes: caratê, squash, patinação, escalada, wakeboard e wushu – este foi exbibição em Pequim. A luta olímpica poderá se juntar a esses sete candidatos para tentar permanecer. Em maio, na Rússia, haverá um corte para decidir quais desses esportes brigarão pela vaga olímpica em setembro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.