Divulgação
Divulgação

É possível que você já tenha se apaixonado perdidamente por alguém e um dia, sem maiores explicações, sentido desprezo por essa pessoa. Isso também pode acontecer com a sua autoestima podemos acumular pequenas decepções com nossas próprias atitudes e escolhas, seja por nos compararmos a padrões pré-estabelecidos ou por nos impormos a outros padrões.

No caso de deixarmos de gostar de alguém, resolvemos a situação terminando o relacionamento ou nos afastando da pessoa. Quando deixamos de gostar de nós mesmos, entretanto, é preciso procurar maneiras de promover uma reconciliação entre o que somos e o que queremos ser.

Tome iniciativa

Não se faça de vítima. Não importa de quem é a culpa, sua, dos outros, da vida, enfim, pense que isso não faz diferença. Os problemas já existem e o importante é procurar maneiras de resolvê-los.

Comece escrevendo tudo o que em sua vida esteja te incomodando. Liste tudo o que vier à cabeça. Você vai perceber que pode começar a trabalhar para resolver os problemas hoje mesmo e cada vitória vai contribuir com a melhora de sua autoestima. A maior parte das mudanças que queremos fazer em nossas vidas só depende de nós mesmos.

Leia também:  O peso dos hábitos no envelhecimento

Reconstrua a autoestima

Ao dizer para uma pessoa com baixa autoestima que é preciso se gostar mais é possível que esteja criando uma sensação ainda maior de incapacidade. As pessoas com baixa autoestima já não acreditam em si mesmas e esse tipo de abordagem pode reforçar a crença de que a baixa autoestima seja ainda mais culpa delas.

Por isso, se você está com a sua autoestima baixa, o melhor é começar a se impor aos pequenos desafios. Volte à lista que criou e determine quais as ações diárias precisam ser tomadas para que os problemas sejam resolvidos. Depois, desafie-se a realizar pelo menos uma ação por dia ou por semana.

Os objetivos devem ser claros e simples. Pequenas conquistas naturalmente nos faz sentir bem e se você mantiver a regularidade, vai perceber que aos poucos essas pequenas atitudes vão se tornar hábitos saudáveis em sua rotina.

Uma maneira de assegurar a regularidade é escrever um diário, além de promover o autoconhecimento, escrever um diário é uma maneira de monitorar seus próprios pensamentos e perceber quais deles estão deteriorando sua autoestima e fazendo com que você se sinta mal.

Leia também:  Compare morango e framboesa

Lembre-se de seus melhores momentos

Já percebeu que há momentos na vida em que você realmente se acha o melhor? Seja por ter passado em um teste ou conseguido algo que todos achavam impossível, a verdade é que todos tem a sensação de sucesso em algum momento da vida e não seria ótimo poder prolongá-la?

Cada vez que você atingir um dos seus objetivos diários, tente aproveitar a sensação de bem estar conscientemente e fixá-la na memória de maneira que seja possível resgatá-la em situações nas quais normalmente você se sinta inseguro.

Não se compare

A grama sempre parece mais verde no jardim do vizinho. Algumas vezes desconsideramos que as pessoas passam por momentos difíceis na vida, mas todos possuem medos e inseguranças, a diferença está em como cada um lida com isso.

O equilíbrio da vida está nas diferenças. Encontre aquilo que você realmente gosta de fazer, invista em suas potencialidades. Se todos fossem iguais, fizessem as mesmas coisas ou tivessem as mesmas aptidões e preferências, o mundo não giraria tão harmonicamente.

Leia também:  Quatro dicas para cuidar da pele dos cães durante o frio

Há espaço para todos, portanto, aprenda a valorizar os seus pontos fortes. Cuide da sua aparência e esqueça os modismos, use roupas e acessórios que destaquem o que há de mais bonito em você. Não faça esporte apenas para conquistar o corpo perfeito, mas também para ter qualidade de vida.

Aproveite a jornada

Não é possível deixar para viver somente amanhã, quando os seus sonhos se realizarem. Ter objetivos é importante, pois eles norteiam as decisões e funcionam como motivação, mas enquanto estamos buscando alcançá-los, também estamos vivendo, então por que não viver e aproveitar a jornada, hoje?

Contemple os prazeres simples da vida todos os dias, escute sua música favorita, leia um bom livro, caminhe no parque. Pode parecer difícil ver beleza na vida quando estamos muito tristes e cansados, mas tenha paciência, ao inserir pequenas mudanças de atitude no dia a dia, você vai notar a melhora gradativa em seu bem estar. Comece.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.