Dores e problemas na coluna, que incomodavam normalmente pessoas idosas têm ocorrido mais frequentemente entre jovens e crianças, a falta de postura ao sentar e o excesso de peso em mochilas tem contribuído com essa alteração.

A fisioterapeuta Kelly Cristina de Souza Rosa afirma que tem aumentado a procura de jovens e adolescentes com algum tipo de lesão na coluna e argumentou que as pessoas passam longas horas sentadas de forma inadequada, seja no trabalho ou na frente do computador, o que tem contribui com dores e males na coluna.

Outro ponto observado por Kelly é que 85% dos adolescentes sofrem de algum tipo de alteração proveniente de mochilas com excesso de peso. A fisioterapeuta sugere que a bolsa tenha no máximo 10% do peso da pessoa que transporta a mochila.

Leia também:  ACIR apresenta sugestões de empreendimento no centro da cidade

Kelly defende que muitas empresas têm oferecido meios para que os funcionários se previnam das doenças da coluna, por meio de ginastica laboral e acompanhamento de ergonomia. Contudo a fisioterapeuta propõe que as pessoas façam alongamentos a cada 50 minutos, como forma de prevenção as alterações na coluna.

A fisioterapeuta explica que o corpo não esta preparado para as longas jornadas e repetitivas que as pessoas exercem e por esse motivo é importante estar atento para a postura e fazer atividades que evitem lesões na coluna.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.