O Cristo Redentor ficou iluminado na cor azul ontem (23/02) e hoje (24/02) para lembrar a campanha de erradicação da poliomielite no mundo. A campanha End Polio Now (Fim da Pólio Agora, em tradução livre), coordenada pela organização não governamental (ONG) Rotary Club em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), aponta que os casos mundiais da doença caíram 99%, desde 1998, por meio da vacinação.

No entanto, a governadora do distrito 4570 do Rotary Club, Alice Cavalieri Lorentz,  lembra a necessidade do combate à doença, ainda considerada endêmica no Afeganistão, Paquistão e na Nigéria. “Em um mundo globalizado, é muito perigoso, porque qualquer avião ou meio de transporte leva a poliomielite para outro lugar. Nós temos que persistir até terminarmos com essa doença, que afeta muitas gerações. Felizmente aqui, no Brasil nós já conseguimos”, disse.

Leia também:  Ventilador desaba em creche e atinge 4 crianças em Teresina

O Brasil erradicou a transmissão da paralisia infantil há mais de 20 anos. No entanto, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) recomenda que as nações mantenham a vacinação oral até que a pólio seja eliminada em todo o mundo. O Programa Nacional de Imunização recomenda a vacinação dos bebês aos 2 meses, aos 4 meses, aos 6 meses e aos 15 meses de vida, com reforço anual da dose até os 5 anos de idade.

Segundo Alice Lorentz, a cor laranja, a mesma da logomarca da organização, foi escolhida a princípio para iluminar o Cristo Redentor, mas precisou ser trocada, pois ficaria muito clara. A nova cor escolhida foi azul, disse a representante.

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorBriga de Titãs
Próximo artigoLemat pode ser reativada

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.