Uma operação emergencial de tapa-buracos deve começar, nos próximos dias, ao longo da BR-163 em Mato Grosso. A projeção foi apontada pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Jorge Ernesto Fraxe, ao presidente da Aprosoja Mato Grosso, Carlos Fávaro. “Explicamos ao general a situação crítica em que se encontra a BR-163 e ele garantiu que, em três dias, as máquinas estarão na rodovia para uma operação tapa-buracos”, disse, por meio de assessoria.

A reunião ocorreu ontem e teve a participação, também, do senador Blairo Maggi. “Conseguimos também o compromisso do general Fraxe em finalizar as obras na BR-163, até Miritituba (PA), até o final deste ano”, explicou Fávaro.

Leia também:  Sefaz realiza segundo leilão online de 2017

A 163 é uma das principais rodovias utilizadas para o escoamento da produção agrícola mato-grossense. É por ela que as produções são levada até aos portos do Arco Norte. Dados da Aprosoja apontam que somente na extensão Centro-Norte da rodovia concentram-se aproximadamente 50% da produção de soja estadual.

O intenso tráfego de veículos pesados aliado ao excesso de chuvas ocorrido nos últimos meses resultaram no aumento de buracos ao longo da pista. Um dos trechos ruins fica entre o distrito de Primavera (Sorriso) e Lucas do Rio Verde. Há buracos nos dois lados da pista, o que aumenta risco de acidentes quando carreteiros, caminhoneiros e demais motoristas tentam desviar e acabam entrando na mão contrária. Entre Sinop e Sorriso foram tapados alguns buracos.

Leia também:  Juscimeira | Recadastramento de idosos no BPC segue até 30 de novembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.