O Brasil deu verdadeiro show na madrugada deste domingo (3) em Las Vegas. Na luta principal da noite, José Aldo bateu Frankie Edgar e manteve o cinturão dos pesos-penas do UFC, em decisão unânime dos juízes. Esta foi sua sexta defesa desde que o conquistou no WEC, José Aldo começou muito bem a luta e logo dominou o centro do octógono. Tranquilo, o manauara até correu alguns riscos diante de um adversário perigoso. Mas a potência dos golpes do brasileiro passou a minar a resistência de Frankie Edgar.

À vontade no octógono mais famoso do mundo, José Aldo deu show em Las Vegas. Trabalhou cada um dos cinco rounds previstos para a disputa do cinturão e venceu por decisão unânime dos juízes.

Leia também:  CBF anuncia que Cuiabá joga ainda neste mês pela Copa do Brasil

Minotouro

MINOTOURO

Mesmo após mais de um ano sem lutar, Rogério Minotouro mostrou que ainda está vivo no MMA. Em luta difícil contra o ex-campeão Rashad Evans, o meio-pesado conseguiu uma importante vitória no UFC. Minotouro soube se defender bem das quedas e aplicar golpes certeiros. O brasileiro manteve a luta em pé e conquistou a vitória por decisão unânime dos juízes.

Alistair Overeem falou o que quis antes da luta começar. Mas quando a grade do octógono se fechou, Antônio Pezão levou a melhor na maior rivalidade do UFC 156. O brasileiro aplicou uma sequência incrível de golpes e nocauteou o holandês no terceiro round para delírio dos fãs em Las Vegas.

MAIS DUAS VITÓRIAS

Leia também:  Nos pênaltis | União vence Dom Bosco e se classifica para Copa do Brasil

Antônio Pezão e Demian Maia foram outros brasileiros que também venceram na madrugada de sábado no UFC em Las Vegas.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.