A parceria firmada entre a prefeitura de Rondonópolis e a iniciativa privada junto ao mutirão de combate ao mosquito transmissor da dengue e da leishmaniose, já beneficiou diversas comunidades com a limpeza de terrenos e áreas públicas nesta semana. O secretário de Meio Ambiente do Município e coordenador dos serviços de limpeza, Lindomar Alves, trabalha agora para conseguir ampliar a parceria por pelo menos mais uma semana. A renovação do acordo deve garantir atendimento para todas as regiões.

O Sindicato Rural e os empresários cederam tratores com grades, roçadeiras, pás-carregadeiras. Todas as máquinas foram disponibilizadas junto com os operadores e o óleo diesel utilizado. Graças ao apoio do setor de agronegócio, o mutirão já resultou na limpeza  de grandes extensões de áreas e terrenos baldios no Jardim Ana Carla, região do Parque Universitário e parte do Jardim Belo Horizonte.

Os trabalhos já começaram também em parte da região da Sagrada Família – nas áreas localizadas entre o shopping e a sede da Eletronorte, entre o Residencial Santa Marina e o Mariela e até o CTG, entre a Avenida Julio Campos e a rodovia MT-270. Nesta sexta-feira a equipe intensificou os serviços na região do Residencial Cidade de Deus, com a limpeza de áreas públicas e terrenos.

Leia também:  Dia Especial | Hemocentro abre as portas para receber doação de sangue neste sábado

Lindomar Alves explica que o maquinário cedido pelos empresários é de grande porte e, por isso, não entra em terrenos baldios existentes entre uma casa e outra. Portanto, são utilizadas para fazer a limpeza de grandes extensões. O serviço considerado de acabamento em pequenas áreas e margens de vias públicas é desenvolvido pelos tratores da Agricultura Familiar que foram disponibilizados pelas associações de pequenos produtores.

Devido às chuvas constantes registradas nos últimos dias, o serviço de limpeza não pode avançar suficiente e ser concluído. A expectativa do secretário Lindomar Alves é continuar contando com a parceria da iniciativa privada para realizar a limpeza de outras áreas, como a existente entre a avenida Presidente Médici até as imediações da estação rodoviária e o alto da rua Fernando Correia da Costa, nas proximidades do antigo aeroporto. Ele planeja limpar também as áreas de grandes extensões na região do Parque das Rosas e do Parque São Jorge.

Leia também:  Polícia Militar lança nesta quinta (26) a Operação Rondonópolis Segura

Dever de todos

Lindomar Alves lamenta a falta de compreensão de alguns moradores que jogam lixo nas áreas e terrenos baldios. O secretário destaca esta atitude das pessoas como um dos fatores que prejudicou a evolução dos trabalhos nesta semana. Ele explica que algumas máquinas tiveram pneus furados por objetos existentes no lixo depositado nessas áreas.  Nesta sexta-feira Lindomar detectou pneus despejados numa área nas margens da rodovia MT-270 que recebeu a limpeza no dia anterior.

“Além de o lixo criar condições adversas para a saúde, traz outros problemas. Um deles é o fato de emperrar a própria limpeza. Algumas máquinas que os empresários nos forneceram tiveram os pneus furados na hora que entraram nas áreas tomadas pelo lixo e acabaram ficando paradas por tempo suficiente para impedir que o trabalho avançasse. A prefeitura e a iniciativa privada estão se esforçando para melhorar as condições da cidade. Mas, o morador precisa contribuir e evitar jogar lixo nas áreas existentes”, reclama.

Leia também:  Delegado Claudinei Lopes completa 10 anos de atividade policial em Rondonópolis

Mais segurança

O secretário avalia que além de combater o mosquito transmissor da dengue e da leishmaniose e o caramujo africano, a iniciativa de manter as áreas limpas ajuda a promover o embelezamento da cidade e contribui com a segurança pública. Lindomar conta que durante o serviço de limpeza das áreas já beneficiadas foram encontrados produtos de furtos e roubos, como peças de motocicletas. “Encontramos quadros de motos no meio de matagais”, diz.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.