O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta-feira (21) que a inflação no Brasil está sob controle e que deve desacelerar este ano em relação ao ano passado, mas ficando ainda acima do centro da meta oficial.

O ministro afirmou que a inflação deve encerrar 2013 em torno de 5,5 por cento. A meta de inflação é de 4,5 por cento, podendo variar dois pontos percentuais para mais ou para menos. “A situação inflacionária está sob controle”, disse Mantega em teleconferência com repórteres e analistas.

A inflação ficou em 5,84 por cento em 2012 e 6,5 por cento em 2011, dois anos em que a economia brasileira teve dificuldades para crescer devido a custos de produção muito altos e fraca demanda externa.

Leia também:  Mato Grosso ultrapassa SP e se torna o maior exportador de carne bovina do Brasil

O governo da presidente Dilma Rousseff tem mostrado preocupação com a persistência da inflação num país assolado por anos de hiperinflação nos anos 1980 e 1990.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, alertou que o Banco Central está pronto para aumentar a taxa de juros da atual mínima histórica de 7,25 por cento para controlar a inflação mesmo se a economia não ganhar força.

Mantega disse que não vê necessidade de tomar mais medidas no mercado de câmbio, uma vez que o real ganhou estabilidade nos últimos meses.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.