Uma multidão, que gritava “voltou, voltou”, tomou conta da frente do Hospital Militar de Caracas, ontem (18), para comemorar o regresso do presidente Hugo Chávez ao país depois de 68 dias em Havana, capital de Cuba, para tratamento de um câncer na região pélvica. Na madrugada desta segunda-feira, Chávez disse, por meio do Twitter, que estava de volta à Venezuela.

Não foram divulgadas imagens de sua chegada, mas a notícia de que Chávez chegou forte e caminhando ao hospital se espalhou entre os partidários, que tomaram as ruas para festejar o retorno do presidente. Eleitores enviaram mensagens de carinho ao presidente, que surpreendeu o país com a sua volta, três dias depois da divulgação das primeiras fotografias após o tratamento de saúde.

Leia também:  Com a saída de Michelle Bachelet no Chile, América Latina fica sem nenhuma presidente mulher

A reação da oposição veio por meio de um comunicado divulgado pela Mesa da Unidad Democrática (Mud). “A Mud reitera sua exigência para que o governo diga a verdade aos venezuelanos e aja segundo a Constituição”. No documento, a Mud considera “como natural” que Chávez esteja em seu país.

O líder oposicionista e governador do estado de Miranda, Henrique Capriles, também falou sobre o retorno do presidente. Pelo Twitter, Capriles desejou boas-vindas ao presidente e que o seu retorno traga “sensatez” ao governo do país, que, na ausência de Chávez, é conduzido pelo vice-presidente Nicolás Maduro.

Analistas venezuelanos acreditam que o próximo passo será o juramento do presidente Chávez perante o Tribunal Superior de Justiça (TSJ) da Venezuela. O juramento deveria ter ocorrido em 10 janeiro, mas o TSJ autorizou o adiamento porque o presidente, que foi reeleito, estava “impossibilitado de comparecer ao ato devido ao seu estado de saúde”.

Leia também:  Advogada é a primeira transexual assumir o cargo de senadora no Uruguai

Hoje, durante entrevista à imprensa em Brasília, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, desejou votos de recuperação ao presidente Hugo Chávez em sua volta ao país.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.