Foto: assessoria
Foto: assessoria

Um movimento liderado por políticos e empresários de Várzea Grande trabalha nos bastidores para reativar o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense, licenciado das atividades desde 2009, quando disputou sem sucesso à Segunda Divisão daquele ano.

O trabalho, tendo a frente os vereadores Maninho Barros e Jânio Calisto, está sendo realizado para que o popular “Chicote da Fronteira” retorne ainda este ano, já na Segunda Divisão, torneio de acesso marcado para iniciar no mês de maio. Há um “clamor” por parte dos torcedores tricolores para o retorno do clube para a Primeira Divisão do Mato-grossense o quanto antes.

Advertisements
Leia também:  União começa neste domingo sonho de voltar à Copa do Brasil

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.