A execução global — obras concluídas e ainda por concluir — da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) atingiu R$ 472,4 bilhões em ações de infraestrutura, 47% do previsto entre 2011 e 2014. O PAC executou 31% a mais em 2012, de acordo com balanço apresentado hoje pelo Ministério do Planejamento. As obras concluídas somaram R$ 382,2 bilhões. Apenas em 2012 foram executados R$ 201,2 bilhões.

Os pagamentos e empenhos realizados com recursos da União até 31 de dezembro de 2012 somaram R$ 39,3 bilhões, alta de 40% sobre 2011. A execução de recursos do orçamento da União nos dois primeiros anos do PAC 2 é 259% superior ao do mesmo período PAC 1.

Leia também:  Cerca de 746 segurados têm benefícios do INSS cancelados em Mato Grosso

O governo federal também informou que entre as principais realizações da segunda fase do PAC, foram realizados em R$ 27,7 bilhões de reais no setor de transportes desde o início do governo da presidente Dilma Rousseff.

Esses recursos foram destinados à conclusão de 1,4 mil km de rodovias, 459 km de ferrovias e 19 empreendimentos em aeroportos e 15 em portos. Todas essas foram concluídas.

No segmento de energia foram investidos R$ 108,1 bilhões em ações concluídas. Esses recursos resultaram em 6,8 mil MW na área de geração de energia elétrica, 4,5 mil km de linhas de transmissão e 20 empreendimentos de exploração e produção de petróleo.

Leia também:  Captação de leite registra queda de 10,3% em MT

No conjunto de ações concluídas na área de energia, estão concluídos 13 empreendimentos de refino e petroquímica, sete obras de fertilizantes e gás natura, entre outras obras da indústria naval.

Ainda no rol das obras acabadas, o governo ressalta que R$ 188,1 bilhões foram destinados ao programa Minha Casa Minha Vida. Outros R$ 3,8 bilhões foram destinados ao programa Água e Luz para Todos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.