Vigilância Nutricional e atividades físicas são alguns projetos do Departamento de Ações Programáticas da Secretaria Municipal de Saúde que visam auxiliar as pessoas que sofre de obesidade.

Eliane Ormond, gerente do Departamento, relatou que o município possui um bom número de pessoas com peso acima do limite, inclusive com uma quantidade significativa de pacientes na fila de espera para cirurgia bariátrica.

De acordo com a gerente, no momento 12 unidades de saúde executam os projetos, mas o objetivo é que 100% da rede os desenvolvam. “Trabalhos com medidas preventivas e oferecemos suporte para que os obesos possam reverter o quadro da doença sem a necessidade de intervenção cirúrgica e por essa razão todas as unidades devem desenvolver as atividades”, afirma Eliane e acrescentou que o município dispõe de profissionais como endocrinologistas e nutricionistas para acompanhar as pessoas que sofrem da doença.

Leia também:  Saúde faz mutirão no Assentamento Chico Mendes para a prevenção de doenças

Ormod relatou que a cirurgia bariátrica, conhecida com redução do estomago, é de competência do Governo do Estado, contudo quando são esgotadas as possibilidades das pessoas emagrecerem é feito encaminhamento para que possam realizar o procedimento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.