Willian responde por coautoria no homicídio e corrupção de menores. Foto Varlei Cordova/AGORA MT
Willian responde por coautoria no homicídio e corrupção de menores. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

Willian Barbosa Araújo, 21 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (20), pela Policia Civil, em razão da participação na morte de Silas Francisco dos Santos, em 19 de janeiro deste ano.

De acordo com o investigador Ferreira, Willian é o responsável por levar os menores até o local onde ocorreu o assassinato de Silas e responde por coautoria no homicídio e corrupção de menores.

O investigador relatou existe uma rixa entre gangues do Jardim Luz Dayara e do Jardim Kenia. Sendo que um menor, identificado com “T” morador e do Luz Dayara, roubo mil reais, um revolver e drogas de uma boca de fumo no bairro Dom Osório, que pertence a mãe de outro menor do grupo rival.

Leia também:  Idoso é torturado por ex-funcionário durante roubo de diamantes em Guiratinga

A gangue do Jardim Kenia, composta por seis menores, foi levada por Willian até a casa de “T”, com o objetivo de recuperar os objetos do roubo no bairro Dom Osorio.

Ao observar que o carro dos rivais estacionava na residência, “T” fugiu e deixou os colegas na casa. O grupo do Jardim Kenia torturou os menores que estavam no local na busca dos objetos e do menor que efetuou o roubo. Silas estava escondido no banheiro e ao tentar fugir foi atingido na cabeça por W.H.L.R., 17 anos.

O autor do disparo foi preso na última semana e durante depoimento confessou o homicídio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.