O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT) demonstra sua preocupação devido a greve nacional dos Vigilantes iniciada nesta sexta-feira (1º). Sendo assim as agências bancárias onde há deficiência ou ausência de vigilantes armados, a segurança de clientes bancários (as) está comprometida.

O SEEB-MT protocolou ofício na manhã desta sexta-feira em todos os bancos tanto da capital como do interior do Estado e pede o fechamento das agências pois a situação compromete a segurança da população e funcionários.

“Bancos sem vigilantes não podem abrir, pois a segurança dos clientes e funcionários fica comprometida. Solicitamos que as agências onde há essas fragilidades haja fechamento da unidade evitando assim transtornos aos funcionários e clientes dos bancos”, diz o secretário de Formação e Organização do Ramo Financeiro e diretor do SEEB-MT, Natércio C. Brito.

Leia também:  Falta de repasse do duodécimo pode comprometer pagamento de servidores

Protesto

Os vigilantes realizam uma paralisação nacional de 24 horas pelo pagamento imediato do adicional de risco de vida de 30%, conforme garante a Lei Federal nº 12.740/2012. O movimento poderá ocasionar também greve por tempo indeterminado em alguns Estados e cidades onde a categoria se encontra em campanha salarial e as negociações não avançaram.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.